Tudo sobre o Cardigan

Hey, Pessoinhas! Hoje o post é sobre uma peça que, entra inverno, sai inverno, está sempre presente nas vitrines, passarelas e cada vez mais se torna um item atemporal no guarda-roupa: vou falar de tudo sobre o Cardigan feminino.

Cardigan ou cardigã? Essa é uma dúvida bastante comum na hora de escrever a palavra, porém, ambas as formas estão corretas, pois Cardigan é a escrita original e Cardigã a forma aportuguesada dela.

O cardigan tem sua origem ambientada na Guerra da Criméia de 1854, onde era comandada pelo, então general inglês, James Thomas Brudenell que era o 7º conde de Cardigan. Ele usava  um casaco vermelho nos moldes como hoje conhecemos o cardigan. Em homenagem ao conde, a peça recebeu esse nome e até foi integrada como parte do uniforme dos soldados.

Sabe aqueles dias onde não está aquele frio intenso? A gente sente só aquele ar gelado de leve que até é gostoso? O cardigan é perfeito para essas situações, pois, geralmente, é confeccionado em tecidos não tão pesados. Ideal para ser usado não só para proteger do friozinho, mas, também para complementar o look, já que é muito usado aberto, como uma sobreposição.

Os cardigans têm os comprimentos bastante variáveis e surgem, cada vez mais, em novas versões e uma que eu tenho amado muito é a do maxi cardigan, que tem o comprimento extra longo e confere um ar muito estiloso à produção.

Bom, já falei de gramática, de história, de versões, então agora é a tão esperada hora de mostrar as inspirações MARAS e eu separei uma melhor que a outra, então, JOGUEM-SE!

Por hoje é isso, pessoas lindas! Espero muito que tenham gostado dessas inspirações e que possa ajudar a vocês de alguma forma na hora de escolher o seu. Já usou cardigan, tem algum? Qual produção gosta mais de montar? Conta aqui pra gente nos comentários!

Um super beijo e até amanhã com um post fresquinho pra vocês!♥

 

 

 

 

Comentem aqui o que vocês acharam e sugestões para os próximos posts.